Contatos

Tulio Bambino
tel:(21)8761-9423
e-mail: thulium89@ibest.com.br, thulium89@oi.com.br
MSN: hound_dogsinc@hotmail.com
skype: tulio.bambino
Meus filmes no Youtube
Músicas e sons On-Line
Curriculum no Tela Brasileira

Teasers do Algolagnia no YouTube

Loading...

TCC Series Web Only_ROADTrip Experiments

Loading...

Música do Extermínio OnLine, Fotos e Recordações

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Redes de TV começam a oferecer programas na Web

Redes de TV começam a oferecer programas na Web 18/10/2007 10:18:00A
David Pogue - The New York Times (Lista ABC)

Música e a TV estavam remando preguiçosamente as suas canoas, descendo o Riacho da Prosperidade, quando de repente ouviram um ruído ensurdecedor à frente. "Socorro! O que está acontecendo?", gritou a Música - mas já era muito tarde. A canoa dela despencou nas Cataratas da Internet. E lá se foi a Música, tragada de cabeça para baixo no estrondoso redemoinho. A TV, acompanhando tudo a curta distância, estava determinada a evitar o destino da Música. "Irei ao sabor da correnteza, sem lutar contra ela", jurou a TV. E, dispondo de apenas alguns segundos para agir, a TV dedicou todo o seu poder mental e muscular para evitar o seu fim. Fim do Capítulo Um. Ninguém sabe como essa história terminará. Mas todos estão cientes de que um número cada vez menor de pessoas está assistindo à programação das redes de TV a cada ano. Neste ano, as redes montaram o seu primeiro contra-ataque. Além dos mini-vídeos para a geração que conta com um reduzido intervalo de atenção, elas estão colocando episódios inteiros, gratuitos e de acordo com a demanda, na Internet. A ABC, a CBS, a NBC, a Fox e a CW estão todas neste jogo, com resultados surpreendentemente agradáveis. Em geral, dá para assistir aos quatro ou cinco mais recente episódios de cada show online, começando na manhã seguinte à noite em que eles foram ao ar. Os especialistas, é claro, dispõem de algo muito melhor. Usando a gratuita tecnologia BitTorrent, eles são capazes de encontrar e de baixar ilegalmente quase qualquer episódio de qualquer programa recente de televisão para os seus computadores (apenas não seja pego. Alguns provedores da Internet estão começando a cancelar a assinatura dos fãs do BitTorrent). Você pode também comprar programas de TV na loja iTunes da Apple, por US$ 2 o episódio, sem comerciais. Mas esta abordagem, também, incomoda algumas redes; a NBC, por exemplo, irritou-se com as exigências da Apple, e o seus shows podem desaparecer dos arquivos iTunes em dezembro. Mas então, como é assistir à televisão nos sites das redes na Internet? Se você conta com a conexão rápida exigida, a imagem e a qualidade do som são excelentes. Tudo também é de acordo com a demanda; você pode começar a reproduzir o programa quando desejar (segundo uma pesquisa da ABC, 77% dos telespectadores online estão assistindo a um episódio que perderam na TV). Há algumas propagandas comerciais, e não dá para pulá-las. Felizmente, comparados aos comerciais da televisão comum, os dos programas na Internet são bem escassos. A cada intervalo você só tem que assistir a 30 segundos de comerciais - e nada o impede de dar uma olhada nos seus e-mails ou a espiar o site Dilbert.com enquanto aguarda. E além disso há o Joost. O Joost é a mais recente criação de dois empresários escandinavos que primeiramente abalaram a indústria de gravação com o KaZaa ( música gratuita para todos!) e, a seguir, a indústria telefônica com o Skype (telefonemas gratuitos para todos!). O Joost proporciona ao seu Mac ou PC acesso de acordo com a demanda a mais de 150 mil episódios de TV e vídeos (TV gratuita para todos!). E, na semana passada, o Joost escancarou as suas portas; você não precisa mais de um convite particular para baixar o seu software de reprodução do www.joost.com. Eis então a situação: o seu Guia de Outono de 2007 à TV Online, estrelando o Joost, a ABC, a CBS, a NBC e a Fox. David Pogue - The New York Times

Nenhum comentário: